Eritreia


  Estado da Eritreia, é um país localizado no Chifre da África.Faz fronteira com o Sudão, Etiópia e Djibouti ao sudeste. O leste e nordeste do país têm um litoral banhado pelo Mar Vermelho, tendo contato direto com a Arábia Saudita e Iémen. Seu tamanho é de cerca de 118 000 km², com uma população estimada em cerca de 5 milhões de habitantes. A capital é Asmara. Eritreia, de maneira ou outra, é associada aos seus quase 1 000 km de litoral pelo Mar Vermelho. Do outro lado do mar, vieram vários invasores e colonizadores , como os árabes sauditas vindo da área que hoje em dia corresponde ao Iémen, os turco-otomanos, os Portugueses de Goa (Índia), os egípcios, os britânicos e, no século 19, os italianos. Mas o local foi altamente impactado pelos invasores italianos no século 19. A importância estratégica da Eritreia, que existe devido ao seu litoral banhado pelo Mar Vermelho e recursos minerais foram a principal causa para a união com a Etiópia, que foi o primeiro passo na anexação da Eritreia como sua 14ª província em 1962, apesar de muitas outras nações optarem pela independência da Eritreia. Este foi o culminar de um processo gradual de aquisição por parte das autoridades etíopes, um processo que incluiu em edital em 1959, estabelecendo o ensino obrigatório da língua amárica, a principal língua da Etiópia, em todas as escolas eritreias.
A línguas predominantes,são o tigrínia e o árabe, ambos pertencentes ao ramo afro-asiático da família de línguas semitas. Oitaliano é utilizado por extensão, em conjunto com as duas principais línguas, nos negócios públicos e comerciais. O inglês é usado na comunicação internacional e é a língua de instrução em toda a educação formal a partir do 6° ano. A Eritreia tem duas religiões dominantes, o Islã e o Cristianismo, com aproximadamente metade da população seguindo uma das duas religiões. Muitos muçulmanos seguem o sunismo Islâmico. Os cristãos consistem primordialmente da Igreja Ortodoxa Eritreia Tewahido, a qual é a igreja oriental ortodoxa local, enquanto grupos consideráveis de católicos romanos  protestantes, e outras denominações também existem.
Religião na Eritreia
Religião% aprox.
Islão
  
49,22%
Cristianismo
  
47,26%
Agnosticismo
  
2,86%
Crenças tribais
  
0,62%
Outras
  
0,05%
Desde maio de 2002, o governo da Eritreia oficialmente reconheceu a Igreja Ortdoxa Eritreia Tewahido, o Sunismo Islâmico, o Catolicismo, e a igreja Evangélica Luterana. Todas as outras religiões e denominações estão sujeitos a um processo de registo. Entre outras coisas, o sistema de registo do governo exige que os grupos religiosos enviem informações pessoais sobre seus membros para serem autorizados a seguí-la. 
As Testemunhas de Jeová, a Fé Bahá'í, a Igreja Adventista do Sétimo Dia, e inúmeras outras denominações protestantes não são registradas e não podem prestar culto livremente. Elas foram efetivamente banidas, e foram tomadas medidas contra seus adeptos. Muitos foram presos por meses ou até mesmo anos. 52 estão presos, sendo que três destes são conhecidos por estarem encarcerados desde 1994. Nenhum deles é acusado oficialmente e nem têm acesso ao processo judicial. No relatório de liberdade religiosa de 2006, o Departamento de Estado dos Estados Unidos, pelo terceiro ano consecutivo, nomeou a Eritreia um "País de Preocupação Específica", designando-o como um dos piores violadores dos direitos religiosos do mundo.
Três membros religiosos (Paulos Eyassu, Isaac Mogos, e Negede Teklemariam), objetores de consciência, entre as Testemunhas de Jeová, estão presos já por quase 17 anos por se recusarem a pegar em armas. Visitas, mesmo de familiares, não são permitidas. Duas crianças, de 3 e 4 anos de idade, também estão presas junto com suas mães. Ao todo, desde abril de 2011, 51 ministros religiosos das Testemunhas de Jeová estão presos na Eritreia, incluido o Sr. Misghina Gebretinsae, 62 anos, preso sem nenhuma acusação específica, que morreu sob circunstâncias misteriosas durante sua detenção pelas autoridades

Comentários

  1. O filme e as caricaturas estão totalmente de acordo com o que maomé nos revelou.

    os muçulmanos é que nada percebem do islão, nem querem perceber.

    allahu akbar, quer dizer que allah é o maior em tudo.

    No islam, não há ninguém maior do que allah.

    É o maior, enganador, falsário, vigarista, terrorista, estupidificador, idiotizador, desgraçador,

    enfim, o maior em tudo o que seja ruim e só nisso.

    Não há erudito por mais erudito que seja que possa e consiga desmentir mais estas verdades

    verdadeiras sobre o esganador e maléfico allah, maomé e islão.

    Até já tiveram tempo de o fazer e não o fizeram, e com isso só as confirmaram.

    os muçulmanos andavam tão enganados, que nem reparavam que o símbolo do islão era o

    símbolo que mais insultava maomé.

    Quando começaram a ouvir esta verdade, começaram a deixar de o usar.

    Se repararem , cada vez menos o usam.

    É caso para se dizer, mais uma grande vitória de Deus Verdadeiro sobre o enganador e

    maligno allah matreiro!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigada por ler, Deus te abençoe grandemente

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA PARA MINHA AMIGA

Que eu saiba escolher meus amigos aos meus amores