Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2017

"Juntas somos Gigantes"

Imagem
Estava aqui pensando no caso do ator José Mayer e do cirurgião plástico e ex BBB Marcos e de tantos outros casos de assedio ou violência contra mulher. E a violência é um caso tão absurdo que ocorre nos lares, lugares e com as pessoas mais improváveis de se suspeitar. Há algum tempo a escritora cristão Joyce Meyer revelou que o seu pai abusou dela pelo menos umas 200 vezes, e usou inúmeros momentos da ausência da mãe para fazer isso.             O abuso sexual é algo tão vergonhoso que ninguém fala sobre, e no Brasil, a cada 12 segundos uma mulher é assediada ou violentada de diversas formas, conter até 12 e terá mais uma, serão aproximadamente 5 a cada minutos, cerca de 100 enquanto eu escrevia e mais algumas enquanto você lia este texto, e antes de terminar de ler terá sido mais uma e outra assim que parar de ler e for pensar a respeito, e assim o número só irá aumentar, como num ciclo vicioso, uma bola de neve que se amplia assustadoramente pelas vezes em que não comentamos o assu…

Quando Casar Sara

Imagem
(Você pode ouvir ao som de Impressionando os Anjos )

 Quando nos machucávamos e corríamos para minha avó, chorando e mostrando os machucados, ela  nos beijava, as vezes colocava no colo e nos falava " Quando casar sara.", aquilo não amenizava a dor, mas amenizava o choro, a manha, pois quem se importava se quando casar sararíamos faltava tempo para casarmos.

         Hoje, 20 anos depois entendo o que ela dizia sem dizer com aquela frase, ela ensinava a mim e a aos meus primos que algumas coisas precisam de tempo, com o tempo hematomas desaparecem e feridas abertas nos dão sinais do tratamento a ser seguido, com o tempo feridas tratadas se tornam só cicatrizes, com o tempo frustrações e magoas são esquecidas ou resolvidas, tratadas ou ignoradas, com o tempo crianças tornam -se adultos... Como bem disse  Caetano "Tempo tempo tempo tempo és um dos deuses mais lindos. Tempo tempo tempo tempo".

    Quando estávamos  tristes ou chateados com algo, ela nos fazia um chá…