terça-feira, 27 de novembro de 2012

EU SOU um PÉ !

SE O CORPO É FEITO DE VÁRIAS PESSOAS FORMANDO UM MESMO MEMBRO, EU ORGULHOSAMENTE SOU UM PÉ. UM PÉ QUE VAI AS NAÇÕES, falar do amor daquele que Era, É e que virá, um pé que nada tem mas tem tudo, que irá trabalhar nos campos que o Senhor irá abrir. Sim sou a parte mais suja do corpo,mas sou a me que leva até onde o Senhor deseja que eu esteja, um pé que não tem a vida por preciosa e sim o evangelh
o por PRECIOSO, um pé disposto a deixar tudo... um pé um simples mas não menos importante pé....
Mas acima de tudo um PÉ que entendeu a ordem dada em (Mc 16:15) IDE POR TODO O MUNDO E PREGAI O EVANGELHO A TODA CRIATURA...
e um PÉ que se intrigou com a pergunta feita em (Rm 10: 14) 

Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? 


E DISSE EIS ME AQUI ENVIA-ME A MIM!

domingo, 25 de novembro de 2012

A morte dos seus santos...

Sábado 24/11/12 as 7 da manha o esposo de uma amiga morre em um acidente, bem pra quem trabalha em uma funerária receber um telefonema perguntando o valor de uma assistência é um pouco comum, mas  as 11:00 da manha recebi a noticia que tornaria esse dia um pouco mais difícil  uma das pessoas que morreu era o marido de uma colega de faculdade, estudamos 4 anos e nesses 4 anos o PEIXINHO nos fez rir demais, sua alegria contagiava a todos ao mesmo tempo que sua seriedade pra alguns assuntos nos deixavam temerosas...
4 anos... 4 anos cheios de risos,lagrimas,festas, vibrando quando descobrimos a chegada da Ana Julia, rindo da Maria Eduarda...
    O velório do Peixinho foi o mais lindo e mais triste que já fui. Triste porque nunca estaremos de   fato prontos pra entender ou aceitar a morte, ainda mais quando se é jovem,Cheio de vida, se tem uma esposa e duas lindas filhas para criar, mas foi lindo porque a presença de Deus estava ali,nunca fui em um funeral tão cheio.Cheio de tudo: de gente, de carinho, de amor, de saudades... E mesmo com o coração cheio de dor Miriam adorou a Deus, quando me aproximei dela e segurei sua mão e dei um beijo em sua testa ela me abraçou chorando e disse: WANESSA TA DOENDO TANTO, EU ESTOU TENTANDO ACORDAR DESSE PESADELO, MAS NÃO ESTOU CONSEGUINDO, MAS DIAS ATRÁS DISSE A DEUS QUE SÓ ABRIA MÃO DELA SE FOSSE PRA DEUS, E ELE OUVIU... Enquanto me dizia isso  uma irmã da igreja dela começou a cantar a musica que ele mais gostava, todo recém convertido tem uma musica pela qual ele se apaixona a dele era: MANDA TEUS ANJOS SOBRE NÓS E ABENÇOA AQUELES QUE ESPERAM EM VÓS, MANDA DEUS ANJOS PRA NOS ENSINAR A TE LOUVAR E GLORIFICAR  nessa hora enquanto ela me perguntava o que ela faria quando ouvisse essa musica não consegui conter as lagrimas, o que eu poderia falar pra calar a dor dela e da Maria Eduarda? em um momento como esses não há nada a ser dito, ou feito, então só fiquei la abraçada com ela, e pensando como vai ser agora? a Ana Júlia começou a dar os primeiros passinhos e ele não poderá ver,Duda esta se tornando uma garota linda e ela não estará la pra ver o primeiro namorado ou cada conquista...
Mas olhando para a Maria Eduarda falando que não queria ficar perto de ninguém que estava chorando e que não queria ver ele no velório mas queria ir no enterro, Deus me mostrou que elas ainda dançaram sobre toda dor, e que reaprenderiam o caminho da felicidade...
 E hoje tive certeza do que Deus colocou em meu coração quando fez um ano que perdi alguém que amava A MORTE TEM O PESO QUE DAMOS A ELA.  a noticia de  uma morte sempre  será recebida de um jeito difícil, dolorido e cheio de tristeza, mas com a ajuda de Deus o peso da dor se vai  a medida que , bem de mansinho a leveza das boas lembranças ficam, e a paz que excede nosso entendimento vai tampando todo buraquinho deixado por quem partiu para junto do grande Pai.
amada Miriam que sua vida e das meninas sejam regradas de alegria, sorrisos, dança e belas recordações e deixe que o grande oleiro se encarregue do resto. 

domingo, 18 de novembro de 2012

Geração da ZONA DE CONFORTO

      Já perceberam como nos acostumamos com  tudo que temos e com a forma que somos? já viram o quanto  fazemos sempre as mesmas coisas e vamos sempre aos mesmos lugares?

    E como diria uma  grande amiga: "Preferimos deixar a vida correr solta, gostamos de sombra e água fresca".
Gostamos da nossa zona de conforto, ou melhor gostamos das regalias que temos em nossa zona de conforto, somos a geração do fast-food, do não orei mais quero, do "que mané preço que nada eu quero é a honra", a geração do "vai aparecer meu nome? se for eu faço se não for nem me fala nada". Enquanto o mundo em guerra se desfaz, ficamos em casa com nossos interessantes afazeres egoístas. Onde tornamos -nos o centro do universo e os interesses de Deus que se lasquem. Somos a geração dos braços cruzados e boca calada... Viramos o produto do meio.

      Minha vida, meus hábitos  nunca me deixaram tão entediada e porque não dizer enojada como tem me deixado nesses dias, e definitivamente cansei dessa anemia espiritual, das vezes em AMADOVE à igreja e não sou igreja, sabe estou com nojo do meu jeito de servir a Deus.

    Deus ele é muito "fera", ele sabia que seriamos um bando de folgados  e sem vergonha, e encheu a bíblia de pessoas que deixaram zona de conforto pra fazer o querer de Deus, ela está cheia de pessoas que permitiram que Deus as tornasse parte dos Sonhos Dele. Noé, Rute e Noemi, Paulo, João Batista, Maria, Gideão, Elias, Eliseu, José, Estevão, Davi, Josué, Timóteo, Moises  ... ta bom ou quer mais nomes? Se eles fizeram porque não podemos? Se eles estão no livro que amamos não devem servir de exemplo?
 "- ah Wanessa, mas eram outras épocas, eles eram diferentes de nós..."
Sim eram mesmo, Eles priorizavam e viviam para o reino enquanto vivemos para nós mesmos...

      Sabem qual a principal diferença entre os valentes relatados na bíblia e nós hoje?  VIDA COM DEUS...
As pessoas que citei tinham vida com Deus, corriam atrás da presença diariamente, se encontravam com Deus e se alimentavam dEle todo santo dia enquanto nós nos não oramos, não lemos a bíblia e vivemos de congresso em congresso.

      Eu passo horas no Facebook e, não oro por horas, vejo minhas amigas todo dia, mas não falo com o cara que sabe tudo de mim todos os dias, e ainda me julgo missionaria que vai as nações... IRÔNICO NEH?
Eu não sei vocês, mas eu não nasci pra ser só mais uma em uma multidão, posso até estar em  uma multidão, mas daqueles que não se conformam com as coisas como estão, multidão dos que vão chegar o dedo no nariz de muitos e falar acorda, geração que desliga o celular pra por Mt 6:6 em prática, geração que faz a diferença em meio a diferença..... E me recuso a ir às nações se não puder mudar o meu quintal, é assim que quero ser lembrada... NÃO COMO ALGUÉM QUE MUDOU O MUNDO, MAS QUE  TEVE A SI MESMO COMO MUDANÇA...

   E você como quer ser lembrado? Como mais um que nada fez ou como um dos que fez tudo que Deus mandou? PREFERE OUVIR
AFASTE-SE DE MIM POIS NUNCA TE CONHECI, OU FOI FIEL NO POUCO,E POR ISSO DIGNO ÉS DE SER CHAMADO DE FILHO AMADO EM QUEM ME ALEGRO?

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Nossa primeira viagem MISSIONARIA


    No ultimo feriado (02-11-12) Eu, Brunna Tancredi Amanda Mariana, Karlla Trancredi, Loyane Rocha e vó Dioneia.
Com mochila nas costas, Bíblia e violão nas mãos fizemos nossa primeira viajem missionaria.
    Reunimos algumas doações, fizemos alguns mimos e fomos até uma cidade próxima....
 Desde  a nossa chegada fomos lindamente surpreendidas por Deus, fomos recebidos pelos pastores que cuidam das Crianças, e ao chegarmos ao "abrigo" nos deparamos com 26 crianças nos olhando sorridentes e ao mesmo tempo assustadas....
      Sabe DEUS honra quem se dispõe a fazer a obra Dele! Fizemos uma oração consagrando as nossas doações, e recebemos dos pastores um elogio em forma de agradecimento... "NINGUÉM VEIO DE ÔNIBUS DE TÃO LONGE..." Mas  se engana quem pensou que essa foi a honra a que me referi. A honra está em ver que podemos fazer muito com pouco. Que não foi o que levamos que arrancou sorrisos e sim o fato de termos ido.
Nós igrejas nos dias atuais precisamos entender o que é ser chamado e o que é missão.
Chamado é fazer o que é preciso e não apenas o que queremos. Missão é pegar um feriado em que podíamos ficar em casa e ir brincar com 26 crianças, é lavar vasilha no sol quente, é trocar fraldas, dar banho e pentear o cabelo, Ser sensibilidade suficiente para se compadecer pela dor do outro e agradecer por sua vida, ser como ela é, ainda que ela não esteja como você quer... é redescobrir detalhes que passam despercebidos, é sem encantar com uma criança roubando a cena por encostar seu ouvido no violão enquanto você está tocando, é ver essa mesma criança beijando suas costas enquanto você se deita no chão, é ver a parte que você mais se envergonha na sua vida servir de motivação pra que as pessoas pensem antes de desobedecer ao mandar de Deus , é ver sua amizade, ser reconhecida como um presente de Deus por alguém que já não confia mais nas pessoas, assim como você também não confiava até ser agraciado com a oportunidade de ter um amigo- irmão e ser Chamado significa entender que o que importa, não é a sua vontade e sim a vontade  Deus. Já ser um Missionário chamado é acima de tudo se importar e fazer o que puder para mudar o que ainda não está bom... Afinal

PARA QUE OUTROS POSSAM VIVER VALE A PENA MORRER