sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Andar com você


Eu gostava de caminhar com você. De Andar só por andar, em QUALQUER CAMINHO DESDE Q SEJA COM VOCÊ. gostava de quando ficavamos juntinhos em casa vendo as estrelas . Gostava de pegar na sua mão, mas me enchia os olhos e o coração quando é você quem segurava a minha. Gostavamos de olhas pra trás para veremos as marcas dos nossos passos, hoje nossas pegadas não aparecem mais. mas sinceramente? Eu aprecio mais um pedacinho,um fragmento físico nosso.
Gostava quando você passa o braço pelos meus ombros e me aconchega em um meio abraço. E quando quer continuar andando mesmo sendo muito difícil se mexer com as pernas se batendo tanto. Eu gostava das risadas depois disso, aquelas gargalhadas íntimas, como se aquilo fosse um segredo só nosso. Gostava de ter suas mãos tremulas e amedrontadas em minhas costas e olhando-me como quem espera algum sinal de reprovação
Gostava de andar com você, de jogar pedras na água e ver quando pulos ela dá. De quando você me derrubava para rolar na areia. Andar no meio da rua debaixo de uma lua gigante. Subir as escadas correndo puxando a sua mão ou com você puxando a minha. De caminhar por horas e horas debaixo da chuva segurando com uma das mãos a sua e na outra minhas sandalias. gostava de ser pateta, palhaça e tudo mais que seu amor me permitia ser.
Andar na rua, no corredor, na rampa. Asfalto, terra, grama, areia. Descalços, de sandália rasteira... Eu de salto e você com aquele sapato social. Quantos quilômetros caminhamos juntos, mas a caminhada toma rumo diferentes ne?
agora preciso de um novo alguem pra andar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por ler, Deus te abençoe grandemente