Não dá para ficarmos juntos

Ao som de Jack Johnson em uma música que fala sobre não precisar sair de casa pois chove, da inutilidade de acordar cedo quando podemos acordar tarde e sobre fazer panqueca de banana, me recordo do beijo que te dei hoje....

        Sim, eu te beijei hoje na rua, como você fez comigo semanas atrás, talvez tenha feito isso só para ter certeza do que senti, ou será que ainda sinto?
Talvez tenha te beijado para que soubesse que também sei fazer isso, de ser espontânea quando quero....

    Engraçado dizem que as diferenças se atraem, se encaixam, mas não foi assim conosco.... Pois agora, ao som de Fernando e Sorocaba, em uma música que diz que as razões que me impedem de estar com você vai além de te amar, além de querer tenho apenas uma certeza NÃO DÁ PARA FICARMOS JUNTOS... 

E me questiono os porquês desse não poder, não dar.... O não do não... Porém as conclusões me levam sempre ao mesmo caminho, como quem caminha sem sair do lugar.
     Sobretudo nunca poderemos dizer que não tentamos, mas acho que está claro NÃO DÁ PARA FICARMOS JUNTOS, pelo menos não agora, não por enquanto, mas pode ser que simplesmente nunca chegue o momento de ficarmos juntos, e não há mais motivos para falarmos sobre isso... Parece que conversar e chegar a um acordo também não é algo que funcione para nós...

Não ousaria usar a incompatibilidade como motivo, para não estarmos juntos, pois na realidade sabemos que há muita compatibilidade, porém pouca compreensão, há muito querer para pouca disposição.... É exatamente aqui que a coisa toda fica estranhamente... confusa!!! Sabemos que há um monte de outros motivos atrapalhando um querer, rs.... Como você bem disse "se fosse só querer, se dependesse só de mim..."

É tão louco que as prioridades de nossas vidas sejam  justamente o que nos impede de  ficarmos juntos, que  chega a ser idiota, o quanto apesar de sermos adultos, e  um tanto quanto bem resolvidos enquanto pessoas conseguimos ser imaturos a ponto de não sabermos e fazermos dar certo... 

E Existem tanta coisa a serem resolvida em nossas vidas...

           
Hoje, após te beijar, após agir pelo tal impulso do qual você sempre me falava que talvez eu precisasse para alçar voo, me peguei pensando será que essas coisas serão resolvidas? Será mesmo que esse querer não devia ser o bastante para não sermos infantis e fazermos dar certo? 

Mas o que é fazer dar certo? Como fazer dar certo? Essa não é uma sensação nova para mim, não há nada de inédito em querer alguém, mas ter algo maior que o interesse mútuo, impedindo o “nós” de acontecer, e pra ser bastante sincera? Isso me frustra... Me vejo diversas vezes pensando como um querer pode ser menor que o preço para estarmos juntos?

Mas eu sei, eu sei que dizer quando me perguntarem, sobre o por que não me envolver, é que na verdade tem mais com o que o outro está disposto ou não a trazer da vida do outro, para a sua vida.

Relacionamentos são como pacotes telefônicos que adaptamos, e as vezes mil palavras de amor pra serem ditas tornam-se vãs quando ditas demais para demonstrações de menos. Diferente do que se pensa, as relações não existem para nos somar ou nos transbordar, elas devem nos equilibrar a ponto de nos fazer ceder a necessidade de se adaptar e acolher.

Será que vai melhorar? Será que as barreiras deixarão de ser intransponíveis? Dói ter que aceitar que... Que de alguma forma, não existe a gente juntos... queria que apenas o bem que me faz te ter aqui fosse o suficiente para nos mantermos na vida do outro, dormindo até tarde, e acordarmos com panquecas de banana ao som da chuva, como sugere Jack Johnson, que se reinicia, na play list das musicas que escutávamos juntos..

Agora cá entre nós... é uma pena não existir a gente juntos...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA PARA MINHA AMIGA

O que sinto a cada amanhecer