Abraços que nos reiniciam...

Abraço. (S.m)
1. Apertar entre os  braços.
2. Demostração  de afeto é/ou amizade.
3. União/ Junção  de duas ou mais  pessoas.

Hoje, enquanto caminhava para o banco encontrei rapidamente uma amiga, o famoso "oi e tchau", dei dois  passos e fui surpreendida por um abraço de um garotinho que corria logo após sua mãe. Ele corria com sorriso nos olhos e lábios, abraçou minhas pernas me fazendo retribuir o abraço, eu disse "oiiiiii" enquanto o abraçava, ele me  deu um beijo, deu tchau e sorrindo continuou correndo e olhando  para trás vez ou outra...

   Isso foi o suficiente para eu entrasse no banco sorrindo, mesmo com toda a correria que o dia exigiria de mim, esse ato foi uma pontinha de esperança para todas as ansiedades do peito, da alma, da mente e do meu dia, quem era? Um menino com quem sempre  mexo na  Pamonharia, mas que nunca tinha me dado moral.

    Confesso que tenho uma certa restrição com relação aos abraços, ou como diria meu irmão, "meu jeito de bolacha água e sal é um babaca para ter casa  no abraço de alguém"
 Há quem diga que abraço é unir dois corações em uma só  sintonia, abraço... Ter entre seus braços  alguém a quem se quer bem, ser  porto seguro na vida agitada do outro, fazendo-o rir ao chorar, lembrando a alguém que ele pode contar com você...

  Pesquisas  provam que  por aumentar  os  níveis de  oxitocina o abraço faz  bem para a  saúde  de quem o dá e de quem o recebe, pois o ato de entrelaçar os  braços reduzem o stress e a  ansiedade...

 Abraço.....  No inglês  é  "Hug"...
Como canta Rogério Flausino, tudo que a  gente sofre, num abraço  se dissolve, tudo que  se espera  ou sonha, num abraço se encontra, pro mais  velho ou pro mais  novo, alguém apaixonado, alguém  nervoso, no rosto contra o peito, dois corpo num amasso os  corações batendo junto em descompasso......

Pois o melhor lugar do mundo, é  dentro de um abraço, mesmo que seja  inesperado e no meio da rua, na chegada  ou na  partida, no frio da  noite  ou sobre  o sol escaldante  do meio dia....
Que sejamos como esse  meninho que cruzou meu caminho hoje, que  supreendamos a  maldade do mundo, com abraços sem maldades.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O maior vilão sou eu

CARTA PARA MINHA AMIGA