Sinais de um Pai

  Me encanto com a capacidade que Jesus tinha de ser HUMANO.
E confesso que minha HUMANIDADE, me torna incapacitada de entender e compreender este amor, que prefere o lixo para transforma-lo em um escolhido.

 Jesus se torna o avesso em meio aos nossos infinitos avessos, e apesar de ser avesso se torna o lado certo. Ele vê coração e nós imagem. Confesso ser humana demais, humana de forma que não compreendo a capacidade de falar com as pessoas no mesmo nível de compreensão apesar do conhecimento existente em ti... 


   Como entender sua capacidade de mesmo na cruz em meio a sua dor se tornar amigo de um ladrão apenas para lhe roubar o coração? De fazer um condenador agora o condenado, assim como em um piscar de olhos o perseguidor se torna então perseguido, o traidor se assenta a mesa e come contigo.

    Me surpreendo ao ler que preferiu Simão a doutores, Mateus por sacerdotes...
São tais gestos, gestos tão pequenos dotados de tamanha nobreza que revelas quem és? O que dizer então, daquela mulher que com tamanha ousadia lhe tocou em meio à multidão e trouxestes vida aos olhos dela...
Tu tens o dom de ser Pai, mesmo quando é filho, Tens o dom de ser forte e perdoador em meio a traição, tens o dom de olhar a podridão que ocultamos em nossa religiosidade e ainda assim nos fazer teus...

NÃO SEI BENS SE TE CONHEÇO, ASSIM COMO NÃO SEI SE O QUE PENSO SENTIR É AMOR PERTO AO QUE VEJO EM TI...

   De tudo o que leio sobre Ti, em tudo o que aprendo vivendo contigo, não é tua capacidade de ressuscitar tão pouco os milagres que realizastes, que me fazem te amar e te desejar para sempre. 
Não é por ter curado a mulher do fluxo de sangue, por ter alimentado uma multidão com 5 pães e dois peixinhos, por ter feito cegos verem, surdos ouvirem, e estéreis mães de filhos que me emociono, mas com a tua capacidade de como pai saber nos defender e nos vestir de tamanha dignidade que cobre erros e defeitos, é tua capacidade de saber o que nós precisamos e ainda sabendo perguntar:  EI O QUE QUERES QUE EU TE FAÇAS...

  Minhas contradições me levam a ti, me falam da tua graça, do teu sangue.... Tu és profundo e eu sou a margem, na qual vivo sabendo que aquilo que é feio, sujo e humano em mim, revela a mim mesma teu poderio, minha profana humanidade. Revela-me a importância da santidade.

  Tuas escolhas tão absurdas, a meus olhos me revelam que o tempo todo você viveu para quebrar a minha altives, teu amor me mostra que a impureza dos que você escolhe não te tornou impuro. 
Só um pai ama apesar de todos os seus erros, um pai não deixa nunca de amar porque seu filho caiu, sinais de um pai que me vê como sou e não como a vida me tornou.

  FILHA.... É ISTO QUE SOU QUANDO NÃO ME PORTO COMO TAL.
 AMADA... MESMO FALHA...
E O TEU CORAÇÃO É ONDE ME ENCONTRO EM MEIO A MINHAS MAZELAS E VAIDADES, EM MEIO A MINHA REBELDIA.
 HOJE NOTO QUE NOSSO PROCESSO DE CONVERSÃO PODE NOS FAZER MAL, POIS PARECER CONTIGO NÃO NOS TIRA PRECONCEITOS SE NÃO TRANSFORMARMOS NOSSO CORAÇÃO PARA SENTIR COMO TU.

  Um pai que me revela que se quero me parecer contigo, devo estar com os que jamais escolheria estar. ,Um pai que me ensina que APARENTES SANTIDADES, NÃO MUDAM O MUNDO, MAS SIM UM CORAÇÃO QUEBRANTADO E DISPOSTO A BUSCAR TEU CARÁTER...
 DEUS HABITA E TRABALHA NO QUE EXISTE DENTRO DO CORAÇÃO HUMANO. ACESSAR CORAÇÕES ESTE É O SINAL DE UM PAI.... ENXERGAR O OUTRO EM SUA VERDADE

Comentários

Postar um comentário

Obrigada por ler, Deus te abençoe grandemente

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA PARA MINHA AMIGA

O maior vilão sou eu