GOOD BYE 22.......

Os anos passam tão rápido, como areia escorre por nossos dedos, os vinte dois que antes me assustavam começa a se despedir, na verdade, é verdade o que dizem de que nada é para sempre. E é bom que não seja mesmo. Pouca coisa ficou, e isto não é por completo mal, pois você acaba aprendendo a viver bem com pouco...
Ter vinte e dois foi exatamente como diz a canção “tenho sonhos de adolescentes, mas as costas doem, estou jovem pra ser velha e velha pra ser jovem” me senti levemente velha e careta por muitas, muitas e muitas vezes... Os problemas de GENTE GRANDE se tornam mais frequentes, o que é capaz de te ensinar muito, caso você esteja disposto a aprender que... A perca é necessária, a dor não te torna amargo e sim forte e resistente, e que por mais resistente que você se torne sempre haverá uma fragilidade, se envolver demais é machucar a si próprio, beijar todos não te faz uma pegadora e sim uma “rodadinha”....Você começa a ser capaz de entender que conversar com muita gente não te torna amigos de todos e acredite é melhor assim, ter poucos que no pouco se faz muito. Contradição? Acredite não se trata dos 22 se tornando 23, mas da vida seguindo o curso mediado por nossas escolhas... Medo? Traumas? Ahhhhhhhhhhhh solidão é tudo igual, não se trata apenas da idade, mas das suas convicções se tornando fortes, você já é uma adulta e precisa agir como tal. Vinte Dois é uma ótima idade para aprender a se amar, a pensar em você também e a cuidar de você antes de fazer com todos ao seu redor, o equilíbrio que você jurou buscar na verdade se tratava de prudência. Uma das maiores lições que aprendi aos 22, é que sou forte! Mais do que imagino e bem mais do que penso... EU posso ir longe, Sim se eu tenho Deus acredite eu posso tudo!
Fadismo? Idiotismo se torna realismo, a vida não é uma grande história de criancinha dormir, ela envolve riscos, perdas, responsabilidades, crescimento amadurecimento. Não, não é tortura se chama vida adulta, vai me agradecer por te lembrar disto... kkk crescer é bom, acredite a tal vida adulta se revela até lesgalzinha quando você resolve sugar tudo, de cada pequena coisa. Princípio fundamental: borboletas crescem sendo esmagadas, azeite é produzido espremendo a azeitona, barro só se torna vaso se sofrer, diamante precisa ser lapidado, ostra tem que ser ferida... SIM A DOR É IMPORTANTE, MAS NÃO BOA...
23 pode ser cheio de surpresas, dores, sei lá não dá para saber se você não decidir viver, e aproveitar ironicamente a vida, sem fugir da responsabilidade de agir como um recém adulto, então borá crescer mais um cadinho?

Hei tenho mais 7  dias pra deixar pra trás de vez a velha Wanessa, uma nova começa a ser planejada, o que ela tem em comum com a dos 22? ELA DECIDIU VIVER UM DIA APÓS O OUTRO...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA PARA MINHA AMIGA

Que eu saiba escolher meus amigos aos meus amores