A dor? Simplesmente sobrevivemos á ela


Somos tendenciados a acreditar que nos preparamos para a dor, para lidarmos com ela de forma adulta, madura e racional. Mas a verdade nua, crua e propriamente dita é que toda tentativa de preparo para lidar com a dor é NULA, INVÁLIDA, INEFICAZ....

    Quando se trabalha em um órgão de saúde, onde se tem acesso ao corpo humano, quando se trabalha em um hospital de urgências e traumas, quando se  trabalha em uma empresa funerária, ou quando se é terapeuta isso de que nos preparamos para a dor é praticamente impossível, fica claro...

    Quando uma pessoa morre em um acidente, não é necessariamente apenas o impacto do acidente que vitimou alguém , mas esse impacto causou em vários órgãos, um choque, complicações que aliadas a todo o resto trouxe a morte e levou a vida, o respirar, a existência. Para médicos de traumas, a história é bem parecida, eles sabem que um impacto pode atrapalhar vários órgãos e começam a procurar por estragos...

Os psicólogos são capazes de identificar através da queixa o impactos causados pelos golpes, das perdas, das mortes e frustrações.

Reber do IML o laudo explicando a morte do meu irmão, fez ir ao chão toda minha mania de bater no peito e falar que havia me preparado para a perda dele...          Ler "Causa da morte: POLITRAUMATISMOS", fez-me entender, que nós resistimos, golpe após golpe, soco após soco, impacto após impacto, até que um dia simplesmente CAIMOS,ao menor dos impactos. Porque, resistir, lutar, nos cansa e vamos ser realistas? Por mais sãos e maduros sejamos psicologicamente falando, não é possível nos prepararmos para o impacto que tem um : " VOCÊ ESTÁ COM CÂNCER", "VOCÊ ESTÁ COM AIDS", "VOCÊ VAI MORRER", "FIZEMOS TUDO O QUE PODÍAMOS MAS ELE NÃO AGUENTOU". É natural sentir o peso dos impactos e é o esperado...

     Prepare uma mãe para perder um filho, que ela gerou, esperou, desejou, sonhou, fez planos e após isso tire-o dela e perceberá, que todo preparo foi insuficiente. Quando algo fora de nós morre de alguma forma a sensação é de morrer lenta e agonizadamente, perder meu irmão me trouxe essa sensação de morrer, ele morreu e parte de mim também morria diariamente com ele, e eu tive que buscar meios de SOBREVIVER àquele impacto por que, eu simplesmente PRECISAVA SOBREVIVER...

 Essa é a verdade da dor, não há meios prontos ou receitas fáceis e eficazes, só temos que sobreviver, lutar pela vida que... Ficou.

E nessa busca de sobrevivência descobrimos coisas em meio as mudanças que automaticamente fazemos acontecer, que mudarão o resto da vida concentrada na sobrevivencia diária..

1. VOCÊ VAI DESCOBRIR QUE NEM SEMPRE QUEM TE AMA IRÁ TE ENTENDER.

2. TERÁ SURPRESAS PELO CAMINHO.

3. VAI DESCOBRIR COM QUEM PODE CONTAR DE VERDADE.

4. VÃO ACHAR QUE VOCÊ ESTA SENDO EGOÍSTA ENQUANTO TENTA SOBREVIVER.

5. NEM TODO MUNDO VAI ESPERAR VOCÊ ENCONTRAR MOTIVOS PARA SOBREVIVER.


    Mas o que você precisa ter em mente é que, ninguém, nem mesmo você tem o direito de se punir, culpar ou falar que você está lidando com a dor da forma  errada, não existe meio certo  ou errado de lidar com a dor, você precisa usar os recursos que possui. Porque só há transformação mediante movimento. Então desafie-se a sair do lugar de morte e dor, caminhe em busca de sobrevivencia, movimente-se independente do que vão achar, porque nós é quem sabemos a sensação de morrer lentamente.....

    Quanto a dor? Bem você simplesmente precisa  sobreviver à ela, e o grande segredo de sobreviver é que no caminho descobrimos que somos mais forte do que vemos. Que sempre continuamos quando queremos desistir... Porque a própria vida luta pela sobrevivencia, então meu conselho como alguém que está lutando para sobreviver aos impactos é: CAMINHE RUMO A SOBREVIVÊNCIA AINDA QUE COM PASSOS DE FORMIGA E SEM VONTADE... 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Aprendendo com o Isaque, que daqui só se leva o amor...

CARTA PARA MINHA AMIGA

o Isaque nasceu!