2.5 com flores....

Eu  demorei propositalmente a escrever sobre a chegada dos 2.5 (caraca que sonancia  forte!) mas... Então, mais um ano se findou e outro se iniciou, acordei e tinha 25, e acredite não foi de repente, passei por um longo caminho pra chegar até aqui. Mas um ano se iniciou e tudo de intragável que passei fica junto com a idade a qual ela pertence,pois este ano iniciou com flores, mas não flores quaisquer, foi uma orquídea  outro nível de flores kkk, mas uma orquídea pra me lembrar que a aparente fragilidade revela uma força que poucos conhecem, eu sou como uma orquídea, aparento fragilidade, mas chegue mais perto e descubra se sou sempre assim.....
Como as orquídeas, os cuidados que meu ser exige não são imensos, mas são cautelosos, trata-se especificamente de equilibrio.....
água em moderação, adubo a determidano prazo, e sol...Água para lembrar-me que Jesus é o que me saceia independente do tamanho da sequidão, adubo é aquilo que me prepara para a ausência de seja lá o que for, me prepara para crescer, para voltar a florir, e sol para me aquecer e me mostrar que por mais longa que seja a noite  o sol volta,sol é calor que amigos trazem.
25 chegou com verdades, simples, mas verdades sempre farão um bem maior do que as mentiras que me contam, ouvir-me e conhecer -me me fortaleca contra as pragas que se levantarem... a verdade se fez carne e me norteia, e clareia minha visão para seguir. Sem Deus sou apenas bússola sem norte... Descobri que se 24 é a idade dos poucos amigos, 25 é a dos verdadeiros, dos que te amam apesar, como e independente de quem você é. Muitos se revelarão e desses muitos, vais notar que alguns estão ao teu lado por pura conveniência, mas outros porquê simplesmente escolhem estar ali, escolhem te surpreender com o que você nunca espera, apenas para que você saiba que é amada, que eles não precisarão de muito pra te arrancar um sorriso e aquietar a alma, na verdade querer teu bem vai parecer um capricho para eles...
25, que geralmente é marcado pela descoberta de que essa história de que não envelhecemos e sim amadurecemos é meio conto da caroxinha.
Sim envelhecemos e Sim amadurecemos. Mas amadurecer e envelhecer são dois extremos da vida humana, enquanto envelhecer é uma ordem natural, amadurecer é opção.
Em determinados dias do  ano que se foi tive que escolher entre parar e seguir, me abater ou sorrir e caminhar, essas escolhas me trouxeram um coração livre de expectativas e me fez concentrar na realidade que agora tenho...Não quero esperar por muito, não quero criar expectativas, mas quero surpreender-me, quero apostar minhas ficha no que tiver naquele momento. Cansei de promessas quebradas, de amores descomprometidos, metade deles foram de meia boca, metade deles não entenderam que o adeus de quem jurou pra sempre amar e devastador.... 
Hoje aprendi com alguém que celebrou minha existência em sua vida com flor, mas não uma flor qualquer, que eu não preciso de um "pra sempre" ao lado de ninguém, preciso de um "INFINITO ENQUANTO DURE", preciso de um aqui e agora 
bem vividos, preciso me dedicar intensamente, preciso aceitar que terei meu coração ferido, mesmo por quem diz me amar, preciso aceitar as diferenças e ter em mente que jeitos e trejeitos,carácter e personalidade são variáveis e variantes, conviver, com o outro é uma viagem onde o ticket de embarque é a vontade  de fazer o outro no momento em que o temos saber e ser convencido do quando apesar de defeitos ele é amado como é... Parece morbido de tão clichê , mas é uma aventura vem ver e no final terás em 25 anos, 25 motivos para agradecer por ser você...
Quanto as flores, bens duráveis.... As aceitei de bom grado para que elas possam me dizer o que não posso esquecer, tenho que oferecer flores em vida enquanto eu viver....

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CARTA PARA MINHA AMIGA

Preciso e mereço alguém que some e não suma